Arquivo da tag: vazio

Natal de Saramar

Vazio


A neve já cobre as uvas
para o natal dos úteis e puros.
As luzes já cobrem máscaras.
Todos são anjos.
A árvore já grávida,
abarca o berço vazio.
Onde era luz,
laços e brilhos
de presentes luzidios.
Em azáfama de vazios,
jaz a natividade.

Saramar Mendes de Souza

Nada como um belo depósito bancário

Vera Lucia Kalahari, de Angola, nos envia um depósito especial.

Nada

Nada

Amanhã, como agora
Estarei a pensar no Nada.
Nada: O absolutismo total, o esquecimento,
O vazio, o coisa nenhuma.
Nada: O ponto de partida e de chegada.
Nada: A interrogação, a resposta, a negação.
Nada: A crença, o cepticismo.
Nada: Aquilo que fomos, que somos, que seremos.
Nada: O gostar, o desprezar, o odiar.
Nada: A centelha fugaz da vida,
A eternidade real da morte.
Nada: O sonho, a realidade, o sobreviver.
Nada: Nós… Átomos perdidos do Nada
Na busca incessante do Nada.

xxxxxxP.S. Escrito por nada, num dia sem nada.
___________________
Ilustração: C. de A.